Vaccari e Dirceu: sem provas, resta o preconceito com o PT

“Delação” premiada de criminosos confessos, gente que está na prisão ou ameaçada de ir pra prisão não é prova; estamos falando do ex-tesoureiro e do ex-presidente do maior partido progressista do Brasil, presos, em pleno 2015!

Fotos: respectivamente, Marcelo Camargo e José Cruz (Agência Brasil)

Fotos: respectivamente, Marcelo Camargo e José Cruz (Agência Brasil)

Agora que já passaram alguns anos da farsa do “mensalão” e já deu tempo de todo mundo estudar o que se alegou para condenar os petistas, está evidente, para quem não odeia o PT, que o conservadorismo brasileiro resolveu acabar com o PT através do Judiciário. Eu sei que o PT tem um monte de diferenças políticas com muitos setores progressistas, mas chega, né? Vamos defender os princípios democráticos ou não? Um voto por cabeça e decisões por maioria, certo? Então, progressistas do PSOL, do PT, do PCdoB, do PSB, do PDT, do PMDB, do PSDB ou de que partido for (ou de nenhum partido): querem acabar com o PT? Então que seja no voto.

O último bastião que realmente pode acabar com essa nova tentativa de atacar o PT através do Judiciário é o STF, que tem um enorme déficit democrático pelo fato dos seus integrantes terem um mandato que muitas vezes se estende por 30 ou 35 anos. E outro dia vi que há na Câmara de Deputados um projeto que está avançando na tramitação para aumentar ainda mais o déficit democrático do STF, ao retirar da presidência da república e do parlamento nacional (instituições democraticamente eleitas) e transferir a entidades que, com todo o valor que possam ter, não são eleitas democraticamente, como a OAB e o STJ, a indicação de alguns integrantes do STF.

Querem saber? Há uma forma de resolver grande parte desse problema de ataques ao PT baseados em preconceito. É a melhor forma inventada pela humanidade até o momento: a democracia. Nas próximas eleições, não votemos de jeito nenhum em quem tem esse comportamento preconceituoso contra o PT. Você não precisa ser petista pra isso; é só ser antiantipetista. Veio com esses papos de “PT corrupção”? Vai pedir voto pra outro. Vamos fazer o debate político no voto, um por cabeça e decisões por maioria, sem individualidades antipetistas não eleitas querendo acabar ou pôr na cadeia muitos dos principais dirigentes do partido.

Sim, o PT não devia ter, a partir especialmente do ano 2000, começado a financiar sistematicamente suas campanhas eleitorais com dinheiro de doações de pessoas jurídicas (como os partidos mais conservadores já faziam). Deveria ser sempre com doações de pessoas físicas até um máximo razoável. Mas as doações de pessoas jurídicas eram consideradas ilegais pelo Judiciário brasileiro? Não. Então nada de pôr petistas na prisão por causa disso. E convenhamos: as pessoas jurídicas infelizmente financiam coisas demais, não só os partidos políticos: financiam filmes, obras de teatro, esportistas, Copa do Mundo, ONGs, atividades de caridade, instituições religiosas e movimentos sociais com suas doações. Está na hora das pessoas físicas, que já assumiram pra si a responsabilidade do voto na democracia, assumirem também a tarefa de financiar essas entidades, projetos e instituições diretamente, e não através das pessoas jurídicas. Clique aqui para se tornar um colaborador financeiro do culturapolitica.info.